terça-feira, agosto 31, 2010

LUVAZINE NO DR. BOTICA EM SETEMBRO


ARS GRATIA ARS! O belo se extingui diante da barbárie. Da minha parte, presto pratico a ação para atuar no destino.
LUVAZINE no Teatro de Bonecos Dr. Botica, no Shopping Estação, em Setembro as 20h. somente nos dias 02, 03, 04 e 05, também nos dias 16 e 17. QUERO O TEATRO CHEIO DE AMIGOS, NÃO COM DOIS OU TRES PAGANTES. Não falo dos amigos meus, mas amigos do exercício da arte, do ofício da habilidade, admiradores da prática de nuances e sutilezas.
LUVAZINE tem códigos e mistérios ocultos na singeleza e hilariedade dos bonecos. Somente iniciados captam onde eles estão. Somente quem concentra o prana no swaddhisthana, mentaliza a luz dourada entre as sobrancelhas, emite raios do coração pode ver o que o olhar não revela. Mas como disse um Mestre antigo: a verdadeira arte esta em não revelar a arte.
Siga essa instrução, para entrar, vá até a bilheteria e diga: sou amigo do Jorge Miyashiro.
E assim fara parte do banquete.

quarta-feira, agosto 11, 2010

TREM DE NINGUÉM NO BOTICA

Quem tem acompanhado as estripulias videográficas do Bernardo & Jorge no Sabadoche poderá assistir ao vivo esses titerinquentes em TREM DE NINGUÉM.
Espetáculo da Cia. Simples Suspiro, TREM DE NINGUÉM conta a história de um trenzinho movido a poesia, música, teatro e paixão, mas que por algum motivo resolve ficar parado. Jorge e Bernardo tentam de tudo e mais um pouco de impossibilidade para acionar a máquina.
TREM DE NINGUÉM fica em cartaz no Teatro de Bonecos Dr. Botica dias 21 e 22/08/2010 sábado e domingo, as 15h., 17h. e 20h. Nos horário das 20h. (hora adulta, mas é permitido crianças) prometem absurdos em dobro!!!
Teatro de Bonecos Dr. Botica
Fica no Shopping Estação, Av. Sete de Setembro, 2775, Curitiba, Fone: Fundação Cultural (41)3213-7500
ingressos R$10,00 e R$5,00

sábado, agosto 07, 2010

MORPHEUS ESTRÉIA PÉS DESCALÇOS

Novo espetáculo da dupla João Araújo e Verônica Gershman, amanhã, 08/08/2010 em São Paulo, no SESC Pinheiros. O casamento da inventividade do João, somado à experiência adquida com a cia. Truks da Verônica esta rendendo espetáculos que exigem reflexão sobre temas intocados por adultos e crianças. Isso é muito salutar diante dessa onda repressiva, acéfala contra obras literárias e peças teatrais; um excessivo zelo contra a linguagem coloquial, dito palavrão. Como pai de uma criança de 4 anos e vítima contumaz desse policiamento, tenho a dizer que certos genitores, educadores encapuçam a criança, na esperança de que o mal desapareça diante deles. Acreditam que a ação de negar extingue o objeto de sua dor e rejeição. Essa atitude é natural, o que é inatural é não identificar a verdadeira ameaça: a intransigência, ignorância, a falta de diálogo, o discurso impositivo e retrógrado, a perseguição e a delação; e contra esses flagelos nada fazer.
Bem se sabe que a mal descomunal e desproporcional, tem origem na semente da boa intenção...
Então vejam a peça e deleitem-se com a doçura desses dois artistas!