quinta-feira, setembro 02, 2010

PORTIFÓLIO: Brisalenta


Aqui uma cena que desenvolvi para a peça BRISALENTA, uma dança do ventre, criada a partir de uma manobra do Grupo plata/chileno EL CHOCHÓN, já incensado por esse autor; Miguel Oyarzún e Carlos Piñeiro. A manobra que originou a inspiração consiste em fazer o fantoche sentar-se de cócoras, usando a outra mão. Isso, para mim, comprova que o teatro de bonecos tem origem na presdigitação e não no teatro; entendendo o teatro como rito de catarse social, ao contrário da estirpe errante, nômade dos artistas de rua e feira. Talvez por isso, muitos atores bonequeiros, insistem em declarar-se "atores" e não atores bonequeiros, mamulengueiros, titeriteiros etc. É impressionante a ênfase com que afirmam isso, como se pretencessem a uma aristocracia, a uma arte maior e não essa "diminuto" e "tolhido" ofício bonequeiro. Bem se sabe que o medo e a arrogância são fatores limitantes do belo... Com vocês, dona HORTALIÇA!!!

2 comentários:

micki disse...

This is excellent! So impressive! This almost looks like Hawaiian dance as well if it comes with the polynesia music. I really like the belly movement of the puppet's. It has 2 moving eye balls with a big smiling mouth! :):)

Jorge Miyashiro disse...

who knows these manouvers will come to a Hula dance or hawaiian dance with whole means and sweetness...
thanks Micky
You're always kind!