quinta-feira, abril 22, 2010

ENCANTA BRASIL

Bernardo Sicuro em Encanta Brasil

Fandango com Alejandro (China) e Paulinho de Jesus.

O brega... o brega...!

O sertanejo e o Avatar

Sicuro, Miiler e Alejandro (China)

Boneca do alto da empanada

Quarta-feira,22 de abril de 2010, 19h. Teatro Positivo, espetáculo da Cia. Manoel Kobachuk: ENCANTA BRASIL.
Previsão de pancada de chuva, o inevitável congestionamento e tres kilos de alimento para doação ao Hospital Pequeno Príncipe. Eu a Lu e o Felipe resolvemos encarar e lá estávamos antes do céu cair.

O mais fascinante no palhaço é saber que ele, o mais cômico dos artistas é o mais solitário, o mais inadaptado, defeituoso, assimétrico. Não é geométrico como o trapezista, nem corajoso como o domador de feras, nem tem o truque na manga do mágico, nem o carisma do apresentador: ele é apenas engraçado. E como toda piada, perde a graça quando se conta pela segunda vez... assim somos nós. O bonequeiro tem muito de palhaço e pouco de ciência, sempre se renova, para que a piada não perca o viço.

E lá estávamos assistindo o encantamento do espetáculo do sr. Manoel Kobachuk, mesmo com nossos corações roidos, nossas mentes nubladas. No palco estavam eles empenhando toda a força para maravilhar, desprender a efêmera irradiação solar de um espetáculo... isto é apenas teatro, nada mais, tudo o mais.
Felipe, com tres anos, após tres ou quatro teantativas, inaugurou sua apreciação para uma peça: dançou, acompanhou com palmas, vibrou, assistiu todas as cenas.
Nos, como pais, sendo ele o alfa e ômega de nossas vidas, ficamos felizes em vê-lo crescer. Ficamos felizes, agradecidos, que a iniciação do menino foi na grife do velho Kobachuk. Sentimo-nos juntos, comungados, cúmplices e fraternos com algo que amamos. Sentimos que vale a pena fazer parte dessa família anomala dos bonequeiros; que como toda família amorosa, destemperada, futil, ambigua, referencial, nutricional: continua permanente.

A gente aqui manda 10.000 megatons de energia para a Doroty, verso, prosa e caminho do Manoel; e mais uma guirlanda planetária de beijos.
Temos fé e desejo de ve-la conosco e ouvir suas deliciosas risadas e sua conversa gostosa.

Um beijo para a Maysa, Edward, Lino, Sergião e Verônica.
Ainda bem que vcs. existem!

4 comentários:

Maysa disse...

Beijos para todos. ainda bem que vcs existem :)

Jorge Miyashiro disse...

Beijos, querida.
Não nos deixe!
bj.

bichocarpinteirobonecos disse...

Valeu Jorge!
Quando eu vi vocês já estavam entrando no teatro, e aí a gente teve que ir embora antes de acabar. Mas que bom que o Felipe gostou!!!
Abraços

Jorge Miyashiro disse...

ficamos muito felizes por ele ter gostado do Encanta!
A gente se fala, neguinho!
Abração!