sexta-feira, maio 29, 2009

PISANDO EM SOLO MOVEDIÇO, DANÇANDO EM CASCALHO

Alguma vez já bancou o mister "M"?
Fez a mágica, deixou todo mundo intrigado e depois mostrou como fez, e todo mundo disse: ah, que fácil!

É assim que as professoras querem que seja o teatro hoje em dia. Explicadinho. Você dá um duro trabalhando a poética do espetáculo, escolhendo as frases, tentando não ser indutivo. Então no fim da peça vem a professora dizendo que vc. tinha que ser mais claro! que as crianças da escola (que prestaram uma atençam descomunal) não entenderam a peça.
Porra! Então cada poeta deveria escrever um manual do usuário de si para que a turba não precisasse assistir mais novelas das 21h.!!!! "ah, é assim que esse cara se sente? Mas pq. ele não toma um viagra e resolve logo essa impotência existencial? Mas tem que tomar com jurubeba pq. impotência existencial deve ser aquela que vem de dentro do escroto"
Essas tias me matam... Na verdade, me brocham!!!!!!!!!!!


Mas estamos assim, senhoras e senhores: estreamos SHISHI, O COMILÃO. Olhem só a caras dos mocinhos! Foto do elenco, logo depois da estréia, no coquetel de lançamento da peça. Tinha champã Tattinger, Bollinger e Cachaçanger. Foi só alegria! a atriz principal deu vexame claro.
Um drama com fantoches! a trágica saga do honrado samurai que é seduzido pela força da grana e do excesso de segurança e cai para compreender a que a vida não é nada disso. Conhece alguém assim? Não? Pois é uma fantasia pura, uma fábula fabulosa. Um verdadeira história desenrrolada com começo meio e fim. Tudo bonitinho!
É minha primeira peça com cenário, dentro desse processo de solista. Ao invés de tornar-me um pouco mais leve, estou engordando materialmente falando. Coisas da idade, não?

Perdi um trampo esperado. Falei de um teste que fui atrás, Sharles e Loura (sabe? Da menina loirinha e do irmão super-protetor) em São Paulo. Pois é.
Só sabia que era para uma peça do dvd que meu filho mais gosta, antes, é claro do Thomas and Friends.
Agora soube que é uma produção comprada pelo Luciano Ruqui (pra despistar na busca, tá!) e sua mulher Agelica, (manja?) que compraram os direitos em Londres da peça pq. o filhote deles gostou! Os caras investiram Hum milhão e quinhentos mir reais na peça!!!!! Que presente esse piá tá levando, sô! Dá para imaginar a família chegando nos bastidores, o garoto detonando os preciosos bonecos e vc. terá de deixar, afinal, é dele, meu! Os bonecos são de borracha E.V.A, rasga tudo moleque, sem dó!!!
Quanto deve ser o salário dos moços? Aliás quem são os moços, pq. será um bandinho de cinco anônimos, como foi em Londres e provavelmente aqui também não será divulgada a ficha técnica. Eu estou precisando de grana, mas assim tabém? Tem dó né Lu!!!
E o casting é de uma doçura sem fim. Fui até lá com o meu dinheiro. Poderiam pelo menos avisar que dancei, um email, bastaria, pô. Nada. Pudera, são cariocas. Alguma vez já viu carioca dar satisfação ou pedir desculpas por algum atropelo? Mas exigem submissão a nobiliárquia de ex-capital da República. São uns porra! Luiz André e o Carioca que me desculpem! Mas vcs. não são mais fluminenses.


...

2 comentários:

Paulo Carvalho disse...

Oi Jorge usei uma imagem do seu blog em um artigo no meu se não for do seu agrado me avise que eu retiro ok?
www.projeto8.wordpress.com

Jorge Miyashiro disse...

para os amigos, é common rights!
Está valendo!
Fique a vontade!