terça-feira, março 03, 2009

IKIMASHOOO!




Ikimasho é uma palavra japonesa para "vamos!", "simbora", vai que é tua! Isso tudo.
Agora tá na hora de mandar braza, que pela mor de deus! Que paradeira foi esse 2007. Recessão foi em 2007! Começou em 01/01/2007! Agora chega de imobilidade, quero correr, quero agitar! Éeééé!

Veja como está saindo a pintura das cabeças. Está no ritmo da Luciana, mas está indo.
Estou revendo a minha coleção de Lobo Solitário, o mangá do ex-executor do Xógum, o cara que decapitava os nobres condenados no momento da esviceração (cortar a barriga, por as vísceras para fora) ritual, o seppuku. O trabalho do executor era cortar a cabeça do suicida, antes que ele fizesse as feições de dor e desespero, para que fizesse um suicídio bonito, poético. Era um trabalho muito importante, como podem ver...
Bem, mas o executor é traído, sua esposa é morta e ele sofre a falsa acusação de difamar o xógum, e aí ele tem que fugir levanda o bebê recém-nascido, em busca de vingança. Eles se tornam o Lobo Solitário e Filhote! O assassino do carrinho de bebê, manja?
Num episódio, um envenenador arma uma cilada para o Lobo Solitário, jogando pontas de chumbo envenenadas. O Lobo calça sandálias de palha de arroz e não um coturno. No momento em que ele pisa, sente a resistência da ponta envenenada contra as fibras da palha, sua reação é saltar para uma árvore próxima, evitando que a ponta aprofundasse e atingisse a sola do pé ou pisasse sobre outra ponta envenenada. Daí, claro, fez o que todos fariam numa situação dessas: recolheu todas as pontas envenenadas e devolveu para o envenenador, espetadas nas solas do par de sandálias, indicando que com aquele truque o envenenador não o pegaria mais! Não é o fino?

Bom mas eu estou falando do Lobo Solitário para comentar o andamento dos trabalhos por aqui.
Nada muito grave.

Fico pensando que um cara bom de briga, um lutador brilhante, exímio e habilidoso, não deva ser um cara estabanado. Na verdade ele deve ser bem tedioso, comedido, contido, uma bomba com aparência inofensiva, como todas as demais bombas soem. O cara deve andar devagar para não pisar em pontas envenenadas (aí o meu raciocínio!), falar arrastado para não provocar insultos, ter o olhar semi-cerrado para que ninguém ache que ele está fitando alguém, provocação respondível com alto teor de violência. O bom lutador gosta de evitar a luta, mas ela, claro, o procura com sagacidade...

Eu, pelo contrário, lutador medíocre; gosto de correr, de falar, me irrito com coisas somenas do tipo: mal atendimento, trânsito lento, falta de educação etc. Sou até capaz de irritar-me contra um cara bom de briga (que perigo!!!!)!!!

Daí que a Luciana escolhe uma tinta e desiste. Escolhe outra e desiste. Pinta um ladinho, e para. Uma hora depois, volta e pinta outro ladinho e em seguida apaga tudo!
Eu fico louco com isso!!
Por mim já estava tudo pintado.

Revendo uma gravação de uma das primeiras peças solos da Cia., Gato por Lebre, vejo esse... não defeito, mas característica, de fazer tudo correndo. A peça inteira, 55minutos sozinho, de solo, naquela rotação de Dvd player 4x!! Sabe? Correndinho, rapidinho, quase que vc. perde alguma cena... Eu era assim. Agora estou menos assim.

POR ISSO, EMBORA A PINTURA NÃO ESTEJA NO RITMO QUE ACREDITO SER ADEQUADO, ESTOU APRENDENDO A SER UM BOM LUTADOR.

Então já sabem:

IKIMASHOO! Mas não se apressem...!

Nenhum comentário: