sexta-feira, novembro 28, 2008

DANDO DURO NO NOVO ESPETÁCULO

Falta tempo para postar, administrar dois blogs, produzir informação e procurar o melhor preço das fraldas e laranjas limas para o suquinho do bebê.

Bom. Estava me divertindo com a nova micro-retífica da dremel que comprei por R$170,00, na Osten. Achei uma pechincha. No entanto não veio com todos os acessórios. comprei um kit de brocos e lixas para a dremel na Havan (genérico chines. fui na Leroy Merlin e havia brocas, fresas e lixas avulsas, para completar o kit; mas sabe quanto custava uma lixa para acabamento em madeira? R$13,00!!!!!!
PÔ, larguei tudo e voltei para os velhos formões e grosas.

aliás a dremel´é uma ferramenta de fresco. nem dá tanto acabamento assim. no fim é na mão que tem que fazer as coisas.

Terminei as mãszinhas dos bonecos.
preparava para fazer dois clones de cabeças. Iriam servir para uma troca rápida em cena. Sabe quando o ator sai e volta com um adereço ou muda de figurino? Pois é ao invés de trocar só adereço e figurino, troco o boneco inteiro. Aos invés de fazer dois clones, decidi fazer só um. Está lá, só faltando entalhar os olhos e boca e receber uma lixada.

Dei um ralo num leão que tem na peça.
Serrei um bloco quadrado, facetando umas partes e o bloco ficou um diamante, daí passei a grosa nele e terminou co o aspecto da cabeça do leão. Também aguarda fazer as rugas de expressão e olhos. Tenho de esculpir a boca, que é uma segunda parte.

os braços estão doendo. ontem tomei remédio para tanta dor. Há muito tempo não suava tanto. Minha testa pingava. mas o resultado está ficando bom.
A luciana comentou que trabalhei rápido nas esculturas. Foi rápido, mas deu trabalho!

Faltam as pernas; uns sete pares de pernas.
E depois isso vem a costura.

Vou tentar iniciar a costura antes do Natal, porque retomar o trampo depois da ressaca das festas é no mínimo uma crueldade comigo mesmo.

Sem falar que já estou pensando na próxima peça...
isso não tem fim.

e a grana vem mirrada.
aliás já acabou.

Talvez essa peça seja a primeira sem trilha sonora!
Outro desejo, além de esculpir em madeira , é fazer um espetáculo sem música.

Vai ser difícil.

Vai ter um ou dois temas.

Os dois temas que comprei do Bruno Karam e não usei.
Estão pagas e não foram postas em nenhuma peça. Era para ser no Visitantes Incomuns. aliás era para uma peça ecológica de um edital que não rolou.

Acho que vou tacar nesse novo espetáculo.
Isso é que é reciclagem!

Lavoisier puro!

P.s: vou tirar as fotos dos bonecos e posto depois.

Nenhum comentário: