quarta-feira, fevereiro 13, 2008

VOLTA ÀS AULAS

DESCULPE A AUSÊNCIA!
MEUS QUERIDOS E ANÔNIMOS AMIGOS.
FICO SURPRESO COM A MEIA DÚZIA DE VISITAS.
MAIS SURPRESO POR JAMAIS SER INTERPELADO OU VILIPENDIADO.
VEJO QUE SÃO SÁBIOS.
AFINAL, JANTAR NA CASA DO LOBO É MELHOR NÃO ESPERAR PELA SOBREMESA...

BRINCADEIRA.

A verdade que eu nem estava de férias. Estou trabalhando duro, mas duro feito lavadeira em rio de água corrente para montar três espetáculos! Um deles pertence a um caro amigo a qual não posso declinar o nome e assim prejudicá-lo. Coisas do capitalismo...

Um dos espetáculos, VISITANTES INCOMUNS, passou no edital de formas animadas da Fundação Cultural de Curitiba; mas será apresentado somente no fim do ano. Sendo assim, resolvi diminuir o ritmo e caprichar mais. Depois eu anuncio a agenda no scrap do orkut.

Outro é o GATO POR LEBRE, que emprestará seu elenco titeretesco para outro espetáculo com texto escrito por mim e tem o nome provisório de " CASAMENTO INOPORTUNO" . O título é feio que dói mas eu disse que é provisório.

Felipe, filhotão está dando o triplo de trabalho. Já escalou a grade do berço e caiu de cabeça. A sorte é que eu estava deitado ao lado e, no susto, segurei o carinha! Taqueupa! O mininu é forte praca! é viciado em CARS, adora carro e caminhão, descobriu o RATATUILLE (o filme) e acha que os ratos do desenho são cachorros. Estranha gente estranha do sexo masculino e adora todas as mulheres estranhas ou conehcidas a qual se regala com sorrizinhos, tchauzinhos e presentinhos que é qualquer coisa que estiver a mão.

Não aguento mais ver notícia de gente morrendo...

Estou relendo todos os meus livros; os poucos que me dão prazer. As viagens de Jack Aubrey e Stephen Maturin e a saga do Rei Macaco.

Filme tá foda de ruim. Nada de bom.
Locadoras da Santa Felicidade são uma santa decepção.

Aliás na Santa Felicidade não se encontra nem uma comida razoável: frango frito mal cortado.
Ressecado, excessivamente frito e frio é o normal.
Agora ele vem mal cortado, isto é alguém passa a serra velha e sem corte na pobre sobrecoxa do frango e esmigalha os ossinhos. Aí aqueles milhares de ossinhos ficam misturados na carne, como minas terrestres aguardando a almálgama incauta.

As pessoas continuam não cumprimentando. E caso se conheçam, conversam como se fossem desconhecidos. E não se cumprimentam. Eu já aprendi. Não cumprimento ninguém.

Nenhum comentário: